Boot Windows XP pelo Pendrive

•20 agosto, 2008 • 2 Comentários
Boot windows

Boot windows

Abaixo seguem os links de ótimos tutoriais ensinando a bootar o windows xp através do pendrive.

http://www.minds4dev.com.br/eee/(S(xb2wxw3zmotnkd55qkryss55))/Default.aspx?Page=CriarPenDriveInstalarXP&AspxAutoDetectCookieSupport=1

http://www.irongeek.com/i.php?page=security/dual-boot-slax-linux-bartpe-windows-usb

http://www.collewijn.info/xpe/page/pe2usb.php

Convertendo tabela Paradox .DB para MySQL

•06 novembro, 2006 • 1 Comentário

Recentemente me vi na obrigação de migrar uma tabela Paradox para MySQL. Consultando nosso amigo Google não achei nenhum documento que demonstrasse com clareza como fazer a tarefa, o máximo que encontrei foram links para programas proprietários que realizam a conversão.

Como uso Debian (Sarge 3.1), resolvi tentar um:

# apt-cache search paradox

Me deparei com o pacote pxlib1, que segundo a descrição é a biblioteca responsável pela leitura e escrita em banco de dados Paradox.

Com essa informação fui ao Google e encontrei o programa pxview, vi que ele precisava da citada biblioteca, sendo assim baixei o programa e instalei a pxlib1.

# apt-get install pxlib1

Baixei a versão 0.2.3 (binário deb) no link acima, pois as mais recentes exigiam uma versão mais nova do pxlib1 e como não estava querendo ter trabalho peguei essa um pouco mais antiga. Procedi com a instalação, da seguinte forma:

# dpkg -i nome_do_pacote_pxlib

O dpkg retornou que o programa necessitava da libsqlite0, sendo assim lá fui eu de novo para o apt:

# apt-get install libsqlite0

Após a instalação do libsqlite0, repeti o comando de instalação e tudo correu como esperado, após uma breve leitura da man page do programa, fui ao diretório onde estava o banco de dados Paradox (CadLivros.DB) e executei o seguinte comando:

# pxview -s -o CadLivros.sql CadLivros.DB

  • A opção -s informa ao programa que conversão deve ser feita para Sql
  • A opção -o informa que a saída do comando deve ser direcionada para um arquivo.

Com este comando ele gerou um arquivo com os comandos de edição de tabelas MySQL , da mesma forma que faz o comando mysqldump.

Depois da criação do arquivo CadLivros.sql com os dados da tabela Paradox e instruções de criação de tabela MySQL, só faltava a inserção na base de dados do MySQL, fiz isso da seguinte forma:

1. Acessei o MySQL e criei uma database chamada livros;
2. Saí do MySQL e no console do Linux executei o comando:

# mysql -u root -p livros < CadLivros.sql

Prontinho, abri o phpMyAdmin para visualizar se correu tudo bem e lá estavam todos os dados sem nenhum errinho.